Desmistificar os Implantes Dentários


Implantes dentários são estruturas de titânio de pequenas dimensões que visam substituir as raízes naturais dos dentes que se encontrem perdidos, seja por cárie, doença periodontal, traumatismo ou por outro motivo. O paciente pode, assim, repor de maneira fixa a ausência de um ou mais dentes.

Por norma, os implantes são colocados recorrendo a anestesia local, razão pela qual não há dor durante o procedimento cirúrgico.

A reabilitação fixa com recurso a implantes dentários permite aos pacientes uma melhoria significativa da sua qualidade de vida melhorando, assim, a função mastigatória bem como a estética. Permite, também, devolver a qualidade de vida social, pois confere aos pacientes um conforto e bem estar muito superior relativamente às próteses removíveis - parciais ou totais - que, muitas vezes, pela sua fraca capacidade de adaptação, causam problemas gengivais, levando à dor e desconforto, alterações do paladar e da sensação gustativa. 

Os implantes dentários, ao permitirem aos pacientes uma melhoria significativa da mastigação, permitem uma melhoria da nutrição, o que se reflete na melhoria da saúde geral.

Nos dias de hoje, e dado o grande avanço da medicina dentária, são raras as contra-indicações para a colocação de implantes. No entanto, deverá ser feito sempre um correto planeamento do caso, que varia de pessoa para pessoa. Deverá, também, ser feito um minucioso levantamento da história clínica do paciente, bem com da sua medicação, caso a faça de modo a não surgirem complicações durante ou após a colocação dos implantes.

Em casos mais específicos pode-se recorrer à cirurgia de carga imediata que, como o próprio nome indica, consiste numa cirurgia onde são colocados os implantes dentários juntamente com uma ou mais coroas provisórias em carga aparafusadas aos implantes. Volvidos cerca de 3 meses para a mandíbula e 4 meses para o maxilar superior após a colocação dos implantes, o paciente poderá colocar a coroa fixa definitiva sobre os implantes devidamente osteointegrados/cicatrizados.

Em casos de pacientes desdentados parciais e totais, são várias as vantagens da colocação de implantes: 

- Evita a natural reabsorção de osso aquando da perda de um ou mais dentes;

- Ausência de ganchos metálicos;

- Ausência de acrílico a tapar todo o céu da boca;

- Recuperação da estética e saúde gengival.

Assim, é possível afirmar que, atualmente, os implantes dentários são a melhor alternativa para repor dentes ausentes e que se trata de um tratamento altamente previsível, desde que o planeamento seja feito de modo correto. Se ao correto planeamento juntarmos materiais de qualidade e se os pacientes seguirem todos os conselhos pré e pós cirúrgicos, o tratamento terá uma elevada taxa de sucesso, devolvendo aos pacientes o seu bem-estar geral, uma vez que lhe devolve a capacidade de mastigação dos seus dentes naturais bem como a estética.

Resumo das vantagens dos Implantes Dentários:

- Aumento qualidade de vida;

- Aumento de bem estar social;

- Melhoria da estética;

- Melhoria da mastigação;

- Possibilidade de repor dentes perdidos sem desgastar dentes vizinhos;

- Procedimento minimamente invasivo;

- Possibilidade de reposição imediata de um ou mais dentes.

 

Por: 

Dr. João Cardigos

Médico Dentista na Policlínica da Benedita

Domingo, 29 de Setembro de 19